HERvolution da KondZilla revelou talentos femininos do funk

Idealizado por Alana Leguth, sócia-fundadora da KondZilla Filmes, a plataforma HERvolution estreou como um concurso para trazer talentos femininos para a produção musical do funk. Pesquisa realizada pela União Brasileira de Compositores (UBC) demonstrou que 79% das mulheres que atuam na música são discriminadas. E ainda, de acordo com dados da ONG WIM (Women in Music), apenas 30% do setor musical no mundo é composto por mulheres. Nos palcos, as mulheres ainda conseguem ocupar espaços de grande relevância, porém enfrentam enormes barreiras nos bastidores.

Foi neste cenário que Alana Leguth se pautou para criar o projeto HERvolution. “Nossa ideia é ter letra escrita por mulher, o arranjo e a produção feito por elas e, claro, cantada por uma mulher, seja ela do funk, do trap ou do rap”, explica Alana. Na primeira etapa foram apresentados lançamentos com músicas e videoclipes produzidos pela produtora KondZilla com artistas da casa. Depois, HERvolution estreou como um programa televisivo semanal de variedades, na RedeTV!, em que todo o universo feminino é protagonista de histórias, desafios e debates – sendo uma das faces do projeto homônimo idealizado por Alana.

Dentro do programa HERvolution aconteceu o concurso para encontrar produtoras musicais de funk e revelar novos talentos. Cinco candidatas, que enviaram seus materiais através das redes sociais da KondZilla, foram as selecionadas a participar do concurso. As juradas foram Miria Alves, empreendedora musical com 10 anos de carreira e uma referência no hip hop brasileiro, Dani Russo, cantora de funk, e Apuke, beatmaker e produtora musical com 12 anos de estrada.

As candidatas foram: Sistah Mari, DJ Brum, Brazook, Skye e Luísa. Na primeira prova elas tiveram uma hora para produzir um beat autoral com base de funk, após avaliação das juradas a eliminada foi a Sistah Mari. Já na segunda prova, as participantes sortearam um ritmo que elas deveriam mesclar com o funk e todas tiveram meia hora para produzir um beat, dessa vez Brazook teve que se despedir. Na semifinal as três participantes tiveram que produzir um beat de funk mandelão e a candidata Luísa não apresentou bom rendimento.

A grande final foi entre a DJ Brum e Skye, cada uma teve uma hora para criar um projeto de beat para uma composição autoral da cantora Fanieh. Elas deveriam criar melodia e beat da música. E a revelação da ganhadora foi anunciada apenas no palco do programa pela Mila, cantora e apresentadora do HERvolution. Skye foi a grande campeã e fará a produção musical da nova música da Mila, que também contará com um clipe. Ambas com produção da KondZilla e lançadas no canal KondZilla – o maior canal de funk do mundo e o primeiro maior do Youtube no Brasil e América Latina.

Alana explica que quer dar mais visibilidade para as ‘minas’ que estão dominando este estilo de música, valorizar aquelas que trabalham no mercado musical e não são reconhecidas ou não tem sua profissão divulgada. “Realizar esse concurso e em um canal de televisão aberta é mostrar a potência feminina não só com talentos novos, mas com profissionais do audiovisual que estão conquistando um espaço imenso, antes, dominado por homens”, finaliza Leguth.

Sobre a KondZilla

A KondZilla é uma holding de empresas, todas sob o comando de Konrad Dantas, criador e fundador da KondZilla. Tudo começou com a produtora de videoclipes, KondZilla Filmes, destacando-se na produção audiovisual para artistas do funk, até se tornar no maior canal do Youtube no Brasil e da América Latina, o maior canal de Funk do mundo e o 4º maior canal de música do mundo. São mais de 63 milhões de inscritos no canal, mais de 34 bilhões de visualizações e mais de 1.600 videoclipes.

Hoje a KondZilla é uma companhia multiplataforma (canal KondZilla, produtora audiovisual, licenciamento, produtora fonográfica/gravadora, editora literomusical, agenciamento de publicidade, agenciamento showbusiness, portal KondZilla e agência), especializada  em produções musicais e audiovisuais  para o público jovem de favela. E em 2019, a KondZilla lançou a série Sintonia na Netflix, e foi a produção brasileira mais assistida da plataforma naquele ano, disponível em 190 países

Mais informações para imprensa:
Casé Comunica
www.casecomunica.com.br
Redes Sociais: @casecomunica
nadja@casecomunica.com.br
mariana@casecomunica.com.br
fabiana@casecomunica.com.br

Nhaí! assina campanha para o mês do Orgulho d’As Baías

Fundada por Raquel Virgínia, mulher trans e negra, cantora e vocalista da banda As Baías, a Nhaí! assina e realiza o projeto para o mês do Orgulho d’As Baías com campanha que conecta ações de marketing de conteúdo e entretenimento para a comunidade LGBTQIA+. A agência também foi a consultoria de criação e conteúdo escolhida para a campanha “Viva a liberdade de ser quem você é”, da PepsiCo, estrelada por Glória Groove para o mês de Orgulho LGBTQIA+ de Doritos Rainbow, concebida pela AlmapBBDO. A principal peça é um vídeo manifesto musical em que Glória canta a icônica Freedom! ’90, de George Michael, e o projeto também traz mini documentários com outros personagens representantes da diversidade e pluralidade.

Já o mês do Orgulho d’As Baías tem patrocínio de diversas marcas que estão posicionadas no mercado com responsabilidade social na temática de diversidade, como Doritos Rainbow, Amazon Prime Video, Converse e Absolut. O projeto será no formato online com lives de temas essenciais LGBTQIA+ que já são pautados no mercado através de agências de publicidade, marketing, startups e organizações que se posicionam de acordo com as tendências sociais e de mercado. Além de conteúdo informativo, o projeto será encerrado no dia 27 de junho com Live Show Inédito d’As Baías, que contará com a participação de Glória Groove, Linn da Quebrada, All Ice, Tássia Reis e Mc Rebecca, utilizando a música e o entretenimento como uma ferramenta de conexão com as marcas, através de ações de product placement e branded content durante e pós espetáculo.

Segundo Raquel Virgínia, o conceito principal “A Coragem de Ser quem Se É” traz um momento de resgate histórico do movimento trans como protagonista e conteúdos sobre afeto na comunidade LGBQTIA+. “Lançamos recentemente uma música em parceria com o cantor Péricles marcando o posicionamento de que este é o cenário que queremos ver e refletir: pessoas livres e amadas, sendo quem são, ocupando todos os lugares”, afirma a empresária e cantora. Ela explica que “durante a live show do dia 27, em que celebramos a coragem LGBTQIA+ através da música, queremos arrecadar cerca de 10 toneladas de alimentos para ajudar o projeto social Acolhe Nem, da Casa Nem, do Rio de Janeiro (RJ), que atende a população LGBTQIA+ em vulnerabilidade social”, afirma Raquel.

De acordo com Raquel, Doritos Rainbow é o patrocinador da live show d’As Baías que terá ainda uma ação de product placement criada pela Nhaí! para Amazon Prime Video. “Vamos exibir o trailer da série brasileira ‘Manhãs de Setembro’, estrelada pela cantora e compositora Liniker, trazendo destaque para a marca que é expert em streaming e audiovisual. Além disso, Linn da Quebrada cantará a música tema da série durante nosso show, ela também está no elenco da produção da Amazon”, afirma a empresária.

Para Converse a Nhaí! desenhou uma ação de product placement em um dos blocos da live. “Nós, d’As Baía, entraremos com nova coleção de tênis Converse nos pés. O mote dessa coleção é “o conforto de ser quem você é” e isso conecta diretamente com todos os pontos dessa campanha incrível”, explica Raquel, que arremata “Afinal, representatividade é a nossa realidade. Além de aplicarmos os vieses da temática racial e de gênero aos projetos que trazem comunicação. Também desenvolvemos um olhar mais diverso e inovador com relação a essas temáticas”.

Para além das lives, ainda no mês de junho a banda As Baías estará na capa da revista Marie Claire pela Doritos, com consultoria e projeto da Nhaí!, que atua com foco em três pilares: diversidade, tecnologia e criatividade, buscando se comunicar de forma leve, real, verdadeira e divertida com as audiências.

“O objetivo de todo o projeto é entregar conteúdo de relevância para a história da comunidade, é criar histórias que sejam marcantes, escaláveis e que ajudem nesse processo de uma sociedade com debates e entretenimento ainda mais qualitativos para celebrar o mês de Orgulho”, finaliza Raquel Virgínia.

Cronograma Orgulho As Baías

ATO I: Resgate histórico

10/06 – Live Histórias do Movimento LGBTQIA+ com Maria Clara e Neon Cunha

ATO II: Afeto

11/06 – Lançamento Clipe e Música Primeiro Beijo com Péricles

18/06 – Live O amor romântico na comunidade LGBTQIA+ com Renata Carvalho

ATO IIl: Coragem

25/06 – Live projetos inspiradores com  Acolhe Nem

27/06 – Live Show Inédito As Baías

28/06 – Lançamento do Clipe Coragem feat Mc Rebecca e Tássia Reis

Sobre a Nhaí!

A Nhaí! é uma startup de ideias e negócios que surgiu da vontade em contribuir para a inovação de projetos de comunicação e entretenimento com visão ampliada e foco em diversidade. Fundada em 2019 por Raquel Virgínia, mulher trans e negra, vocalista e compositora da banda As Baías. Com um nome divertido e inovador, Nhaí! significa “e aí?”, retirada do dialeto Pajubá, essa palavra representa em apenas quatro letras tudo o que a empresa e os protagonistas dela representam no meio do mercado e do mundo profissional. Nhaí! conecta marcas a projetos com representatividade e protagonismo trans e negro. Além disso, também prestam consultoria a empresas que querem internamente desenvolver um olhar mais diverso e inovador com relação a essas temáticas.

Mais informações para imprensa:
Casé Comunica
www.casecomunica.com.br
Redes Sociais: @casecomunica
nadja@casecomunica.com.br
mariana@casecomunica.com.br
fabiana@casecomunica.com.br

Elenco de Sintonia celebra conclusão das gravações da 2ª temporada em vídeo inédito – confira!

Assista ao vídeo AQUI

Os fãs de Sintonia já podem se preparar para maratonar a segunda temporada da série ainda este ano. Em vídeo oficial lançado recentemente, Bruna Mascarenhas (Rita), Christian Malheiros (Nando) e Jottapê (Mc Doni) mostram cenas dos bastidores de uma das séries brasileiras de maior sucesso, que teve as gravações concluídas. A nova temporada vem com novidades, entre elas, a chegada de Mc Luzi, personagem vivida pela cantora e atriz Fanieh, para compor o elenco principal.

Com muita música, descobertas, conflitos e amizade, a trama segue acompanhando Doni, Rita e Nando, que, depois de lutarem para conquistar seu espaço, precisam subir até o topo para não voltarem ao ponto de partida. Mas será um desafio chegar tão longe sem esquecer de suas origens. Produzida pela Gullane, Sintonia baseia-se em uma ideia original de KondZilla e foi criada por KondZilla, Felipe Braga e Guilherme Quintella. A direção geral é de KondZilla e a direção dos episódios é de Johnny Araújo, Daniela Carvalho, Gabriel Zerra e Thiago Eva.

Sobre a Netflix:
A Netflix é o principal serviço de entretenimento por streaming do mundo. São 208 milhões de assinaturas pagas em mais de 190 países com acesso a séries, documentários e filmes de diversos gêneros e idiomas. Quem assina a Netflix pode assistir a quantos filmes e séries quiser, quando e onde quiser, em praticamente qualquer tela com conexão à internet. Assinantes podem assistir, pausar e voltar a assistir a um título sem comerciais e sem compromisso.

Sobre o KondZilla
KondZilla é Konrad Dantas, garoto de um bairro pobre de Guarujá (SP) que começou produzindo videoclipes de funk e se tornou a maior plataforma de comunicação com o jovem de favela no Brasil. Bem mais que um case de sucesso no YouTube – seu canal tem mais de 64 milhões de inscritos e mais de 34 bilhões de visualizações –, Kondzilla é uma empresa que completa 10 anos em 2021 mantendo conexões sólidas com os principais agentes da mídia dos nossos tempos como Facebook, Spotify e TikTok. Konrad estruturou uma operação em quatro frentes. A KondZilla Filmes cuida da concepção e realização de clipes e de produtos de ficção, entre eles a série Sintonia, série brasileira mais popular no País em 2019. Há ainda a KondZilla Records – co-fundada por Marcelo Portuga – que, além de agenciar os maiores artistas de funk do Brasil, como Kevinho, MC Kekel, Lexa, MC Fioti e Jottapê, também produz o KondZilla Festival e o Bloco do KondZilla. Já o licenciamento responde por produtos como capinha de celular, bonés e material escolar. E o Portal KondZilla abastece a favela de informação e diversão. Para Konrad, a missão é uma só: produzir conteúdos de qualidade e entregar a mensagem de maneira orgânica e emocionante.

Sobre a Gullane:
A Gullane é uma das maiores produtoras e incentivadoras do mercado audiovisual brasileiro, além de uma das principais exportadoras de obras independentes. Fundada em 1996 pelos irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane, já soma em seu catálogo mais de 50 filmes lançados com destaque no cinema nacional e no exterior e 30 séries para televisão e plataformas digitais. Entre os filmes e séries de destaque estão CarandiruBicho de Sete CabeçasO Ano em que Meus Pais Saíram de Férias; a franquia Até que a Sorte nos SepareQue Horas ela Volta?, Como Nossos PaisBingo – o Rei das Manhãs; as séries Alice e Hard (HBO), Unidade Básica – 1a e 2a temporada (Universal Canal), Carcereiros (Globoplay), Irmãos Freitas (Space e Amazon Prime), Ninguém Tá Olhando e Boca a Boca (Netflix). Já coleciona mais de 500 prêmios e seleções em importantes festivais de cinema e televisão do Brasil e do mundo como Mostra de Cinema, Festival do Rio, Cannes, Veneza, Berlim, Sundance, Toronto, MIPTV e Emmy.

Mais informações para imprensa:
Casé Comunica
www.casecomunica.com.br
Redes Sociais: @casecomunica
nadja@casecomunica.com.br
mariana@casecomunica.com.br
fabiana@casecomunica.com.br

KondZilla investe em podcast e lança o canal ParçasZilla

A KondZilla, holding de empresas da indústria audiovisual, lança seu primeiro podcast próprio, o ParçasZilla, acompanhando a tendência desta mídia em rápida crescente. O relatório State of the Podcast Universe, divulgado pela Voxnest, indica que o Brasil lidera o ranking de países onde a produção de podcasts mais cresceu desde o início de 2020. E, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira de Podcasters (Pod PESQUISA 2020), a estimativa é que já são 34,6 milhões de brasileiros ouvintes de podcast, cerca de 8% da população.

O ParçasZilla tem como objetivo manter-se junto à audiência da KondZIlla e ampliar as histórias da vivência em quebrada, aproximando ainda a potência que a experiência dos convidados com o funk e a favela pode gerar. De acordo com Gabriela Bulhões, editora, “a KondZilla acompanha as tendências de estar onde o público está, então nada mais justo do que levar os debates da quebrada para o contexto do podcast também. É importante dar voz e ampliar o posicionamento da favela e do funk em mais plataformas”, afirma.

O primeiro episódio do podcast já está no ar, estreou em 27 de abril, apresentado por Wenderson França, jornalista, e Kaique Alves, diretor de videoclipes da KondZilla, com participação dos convidados André Vilão e Fraan Ferreira. A primeira temporada contará com quatro episódios, divulgados uma vez por semana, e os próximos convidados são: MC Ryan SP, NGKS e MC Nego Blue.

ParçasZilla é gravado de forma descontraída, entre uma e duas horas de duração, no próprio estúdio da KondZilla e está disponível no Youtube, Spotify e nas redes sociais da KondZilla.

Sobre a KondZilla

A KondZilla é uma holding de empresas, todas sob o comando de Konrad Dantas, criador e fundador da KondZilla. Tudo começou com a produtora de videoclipes, KondZilla Filmes, destacando-se na produção audiovisual para artistas do funk, até se tornar no maior canal do Youtube no Brasil e da América Latina, o maior canal de Funk do mundo e o 4º maior canal de música do mundo. São mais de 63 milhões de inscritos no canal, mais de 34 bilhões de visualizações e mais de 1.600 videoclipes.

Hoje a KondZilla é uma companhia multiplataforma (canal KondZilla, produtora audiovisual, licenciamento, produtora fonográfica/gravadora, editora literomusical, agenciamento de publicidade, agenciamento showbusiness, portal KondZilla e agência), especializada  em produções musicais e audiovisuais  para o público jovem de favela. E em 2019, a KondZilla lançou a série Sintonia na Netflix, e foi a produção brasileira mais assistida da plataforma naquele ano, disponível em 190 países

Mais informações para imprensa:
Casé Comunica
www.casecomunica.com.br
Redes Sociais: @casecomunica
nadja@casecomunica.com.br
mariana@casecomunica.com.br
fabiana@casecomunica.com.br

‘HERvolution’ estreia nesta terça-feira (11) na RedeTV!

A RedeTV! apresenta mais uma novidade na linha de shows da programação 2021. Dando sequência aos lançamentos anunciados para o prime time, nesta terça-feira (11), às 23h30, estreia o ‘HERvolution’, programa semanal de variedades que coloca todo o universo feminino como protagonista de histórias, desafios e debates.

O ‘HERvolution’ é uma das faces do projeto homônimo idealizado por Alana Leguth, sócia-diretora da KondZilla Filmes, o maior canal de música da América Latina, o quarto maior canal do mundo no segmento e a maior companhia multiplataforma de comunicação com o jovem da periferia no Brasil.

Segundo Alana Leguth, que sempre acompanhou toda trajetória da KondZilla, inclusive trabalhando nos bastidores de grandes produções, agora, com seu primeiro projeto autoral, quer mostrar a potência feminina não só com talentos novos, mas com profissionais do audiovisual que estão conquistando um espaço imenso, antes, dominado por homens.

Na TV, apresentado pela cantora e compositora Mila, o programa é delas, feito por elas e para todxs, como uma confraria de amigas que se reúnem para bater um papo intimista, pautado em assuntos relacionados à mulher, seus direitos e suas diferentes realidades, dando voz e representatividade ao público feminino.

Com linguagem moderna e conectada, o ‘HERvolution’ destaca o universo feminino através de temas como empoderamento, diversidade, inclusão e igualdade. Pensando na pluralidade da mulher brasileira, o programa busca histórias inspiradoras que expressam a cultura periférica e os dilemas atuais do cotidiano feminino, entre eles os novos talentos da música, impasses de gênero entre casais, debates sobre temas identitários, o machismo e o assédio em diversos ambientes.

E para quem tem o sonho de trabalhar com música, a chance é agora.  O ‘HERvolution’ promoverá um concurso para encontrar produtoras musicais de funk e revelar novos talentos. As candidatas escolhidas irão produzir as próximas músicas do projeto que terão videoclipes produzidos pela KondZilla, além de um feat gravado com a cantora Mila.

“Nosso objetivo é que o HERvolution seja protagonizado por mulheres em todas as esferas, dando oportunidades para que as mulheres exerçam não só suas funções (não só trabalhem para “pagar as contas”) mas que também possam ascender social e profissionalmente, de forma que através de seus talentos, suas paixões, conquistem a independência e ascensão financeira”, afirma Alana Leguth.

O novo programa da RedeTV! contará ainda com a participação de personalidades e mulheres de destaque a cada semana. ‘HERvolution’ será exibido todas terças-feiras, às 23h30, na RedeTV!.

Sobre a KondZilla

A KondZilla é uma holding de empresas, todas sob o comando de Konrad Dantas, criador e fundador da KondZilla. Tudo começou com a produtora de videoclipes, KondZilla Filmes, destacando-se na produção audiovisual para artistas do funk, até se tornar no maior canal do Youtube no Brasil e da América Latina, o maior canal de Funk do mundo e o 4º maior canal de música do mundo. São mais de 63 milhões de inscritos no canal, mais de 34 bilhões de visualizações e mais de 1.600 videoclipes.

Hoje a KondZilla é uma companhia multiplataforma (canal KondZilla, produtora audiovisual, licenciamento, produtora fonográfica/gravadora, editora literomusical, agenciamento de publicidade, agenciamento showbusiness, portal KondZilla e agência), especializada  em produções musicais e audiovisuais  para o público jovem de favela. E em 2019, a KondZilla lançou a série Sintonia na Netflix, e foi a produção brasileira mais assistida da plataforma naquele ano, disponível em 190 países

Mais informações para imprensa:
Casé Comunica
www.casecomunica.com.br
Redes Sociais: @casecomunica
nadja@casecomunica.com.br
mariana@casecomunica.com.br
fabiana@casecomunica.com.br

MC Lynne e Carol Pécora lançam Assédio no Vagão, videoclipe do projeto inédito da KondZilla

A funkeira MC Lynne e a trapper Carol Pécora lançam o clipe da música “Assédio no Vagão” hoje dia 25 de março, ao meio-dia. É o segundo videoclipe do projeto inédito HERvolution, idealizado por Alana Leguth, sócia-diretora da KondZilla Filmes, com o objetivo de trazer o protagonismo feminino para todas as etapas de uma produção musical.

O videoclipe foi gravado dentro de um vagão de trem e a música inicia com um áudio real da MC Lynne para a Pécora relatando um assédio sofrido no caminho para o estúdio. De acordo com a MC Lynne “naquele dia fiz a denúncia do assédio, depois me encaminhei para o estúdio e despejei nessa música tudo o que passei”, relata a cantora.

A música e o videoclipe viraram um grito de protesto contra o assédio nas vozes de MC Lynne e Carol Pécora, direção de Vanessa Coscia e edição de Camila Amaral. HERvolution, como o próprio nome do projeto já demonstra, é a junção das palavras em inglês de her (ela) + revolution (revolução), propondo empoderar e exaltar as mulheres.

Alana explica “o meu desejo com HERvolution é abrir portas e mentes. Para que jovens saibam que podem querer ser DJ, produtora, diretora, cantora ou compositora e haverá um espaço para ela, esse lugar é o projeto. Independente da área de atuação que escolherem a KondZilla apoia as escolhas delas e está abrindo as portas desse mercado pra elas”.

Para isso a segunda etapa do projeto é um concurso aberto para descobrir novos talentos femininos, serão 6 selecionadas que receberão uma produção musical e um videoclipe cada, com produção da KondZilla Filmes e lançados no canal KondZilla.

“Nosso objetivo é que o HERvolution seja inteiro protagonizado por mulheres em todas as esferas, desde a criação, passando pela produção e execução do projeto, dando oportunidades para que as mulheres exerçam não só suas funções (não só trabalhem para “pagar as contas”) mas que elas possam se sustentar através de seus talentos, suas paixões”, finaliza Alana Leguth.

Mais informações para imprensa:
Casé Comunica
www.casecomunica.com.br
Redes Sociais: @casecomunica
nadja@casecomunica.com.br
mariana@casecomunica.com.br
fabiana@casecomunica.com.br